terça-feira, 16 de novembro de 2010

Onodera mostra a acne!


Típica da adolescência, a acne é um problema que atinge grande parte dos jovens que sofrem com as indesejáveis marcas deixadas por ela. A pele fica com um aspecto feio e isso atinge a autoestima . Hoje a Onodera mostra um pouco mais da acne e suas conseqüências na vida de um jovem.

Um estudo, realizado com 3 775 noruegueses com idades entre 18 e 19 anos, relaciona os efeitos da acne na saúde mental dos adolescentes. De acordo com a pesquisa, meninas que possuem acne severa, pensam duas vezes mais em cometer suicídio do que as demais garotas que não sofrem do mesmo problema. Entre os meninos que apresentam o quadro, os pensamentos suicidas ocorrem três vezes mais.

“No contato social, a http://bit.ly/aSM0cVacne pode se tornar um motivo de chacota e zombaria contra o adolescente, o que configura quadro de bullying e causa grande angústia. Essa angústia pode fazer com que o jovem desenvolva uma depressão que, por sua vez, pode gerar uma ideação de suicídio”, explica Annie Aparecida Aranha Campos, psicóloga clínica há 22 anos. Como afirmam os autores da pesquisa, ideação de suicídio significa “qualquer pensamento reportado pela pessoa de comportamento suicida”.

De acordo com a psicóloga, o jovem que vive essa situação passa a ter uma resistência maior a exposição social, além de se tornar mais introspectivo e ter sua auto-estima afetada. “Os danos emocionais são bastante significativos”, diz Annie. Ainda segundo os pesquisadores, adolescentes com graus avançados de acne têm duas vezes mais chances de sentir falta de amigos e possuem pior desempenho escolar.

A diferença na incidência de pensamento suicida entre meninos e meninas pode ser explicada pela disponibilidade de recursos estéticos para as mulheres. “Elas têm maneiras de camuflar as espinhas, por meio da maquiagem e dos cabelos longos. Já para os homens, é muito mais difícil controlar essa exposição, o que traz uma consequência emocional muito maior”, diz Annie.

Taís, jovem de 17 anos, se esforça para conter a pele oleosa. Evita sair em horários muito quentes para não suar. “Só vou a noite para a academia”, conta ela. Não usa mochilas para não abafar a região das costas e ainda não deixa que o mesmo creme, um tanto oleoso, para tratar a pele ressecada da região posterior seja passado nas espinhas que estão próximas da alergia. “Eu sei exatamente onde está a pele ressecada e a espinha. Se minha mãe passa em lugar errado, eu fico brava”, conta.

Segundo o dermatologista Abdo Salomão Júnior, alguns hábitos diários podem ajudar a amenizar a oleosidade da pele, como a lavagem do rosto com sabonetes à base de enxofre e ácido salicílico, além do uso do protetor solar. “Para os casos de acne mais severos, pode-se fazer uso de medicamentos que contenham ácido isotretinóico”, explica ele.

Além disso, existem tratamentos estéticos que também ajudam no combate a acne. O tratamento Anti-acne da Onodera, por exemplo, é um tratamento de higienização, esfoliação e ionização para reduzir o processo de aparecimento da acne e equilibrar a secreção sebácea. Por isso, não sofra mais, vá a Onodera Estética, marque uma avaliação gratuita e experimente o tratamento Anti-acne. Sem as espinhas e os cravos você com certeza se sentirá muito bem. Fica a dica!

Fonte: http://www.clipclap.com.br/Clippings/Integra.aspx?id=329956

Um comentário:

  1. Gosto muito dos artigos de ótima qualidade do seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver nosso Curso de Informática Online. Daienne.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails